ENCONTRO REGIONAL DE BLOGUEIROS E MÍDIAS DIGITAIS

Jornal após atentado

Caça Russo SU-34

Aproxima-se a data do encontro regional de blogueiros e mídias digitais: será dias 6 e 7 de março de 2015, na UFES.

Sempre considerei a Internet como poderosa ferramenta a favor da democracia. Pela facilidade que oferecia em disponibilizar materiais ao público e pelo baixo custo exigido para quem o quisessse fazer. Embora também permitisse a interessados em distorcer informações e entendimentos veicular seus demônios, não restringia ao poder econômico a capacidade de divulgação.

Hoje, além da Internet, soma-se a ela os modernos aparelhos de comunicação, que integram internet e telefonia, incorporando ainda rádio e televisão, embolando ainda mais a capacidade de distribuir informações e materiais individuais ou institucionais. Isso permite a qualquer cidadão participar de debates - formais ou informais - e emitir opiniões e críticas, de qualquer coloração que seja!

E simples programas - aplicativos, como o pessoal chama - ajudam a aglutinar e capilarizar interesses e informações, principalmente via aplicativos tais como "facebook" e "WhatsApp", tratados como redes sociais.

Em tempos onde são descaradamente manipuladas as notícias e os fatos, como exaustivamente demonstrados e repetidos em vários instrumentos oficiais ou alternativos, inclusive aqui neste blog, é fundamental que tenhamos o outro lado da notícia, aquele que os poderes econômicos tentam esconder ou distorcer.

Mas todas essas considerações e tratativas podem ser debatidas e sistematizadas, como deverá ocorrer no ENCONTRO REGIONAL DE BLOGUEIROS E MÍDIAS DIGITAIS. O evento ocorrerá na UFES nos próximos dias 6 e 7 de março. Os interessados podem se inscrever através de formulário que pode ser acessado clicando AQUI.

Na apresentação, a página oficial do evento anuncia:

O Espírito Santo abrirá os encontros de 2015. Dias 06 e 07 de março, na UFES, com uma programação que trará Altamiro Borges, Aparecido Araujo Lima, Tereza Briggs e Marcelo Saldanha entre outros blogueiros. Falaremos de Trincheira de lutas, democratização da mídia, banda larga e Teatro do Oprimido como ferramenta de empoderamento popular, tudo isto em meio a oficinas e eventos culturais.

E temos novidades: O ES BLOG não acaba em março. Durante o Ano de 2015, um sábado por mês, segue em encontros com o PROJETO DE EXTENSÃO “Democratização da Mídia – Internet trincheira de lutas – mobilização e qualificação de produção de conteúdo engajado no ES”, desenvolvido em parceria com o Seminário Metodológico “Economia Criativa no ES”, realizado pelo prof. Orlando Lopes (DLL/CCHN/UFES) e com a Comissão Permanente de Cultura do CCHN. A participação nos encontros mensais abordará temas estratégicos para a ação comunicacional engajada em causas sociais e culturais e dará direito a certificações com registro na PROEX-UFES de até 60 horas no total.

A página do Barão de Itararé fundamenta:

A mídia tradicional vive um paradoxo. Por um lado, ela nunca foi tão poderosa no mundo e no Brasil, atingindo níveis de concentração sem precedentes na história. Além do poder econômico, ela exerce um brutal poder ideológico: manipula informações e condiciona comportamentos. No atual estágio, ela confirma a tese do pensador italiano Antonio Gramsci, e transforma-se num autêntico “partido” conservador.

Por outro lado, ela nunca esteve tão vulnerável e sofreu tantos questionamentos da sociedade. No mundo todo, cresce a resistência às manipulações da mídia. Alguns governantes enfrentam, com formas e ritmos diferentes, esse poder que atenta contra a democracia e o Estado de Direito. Os avanços tecnológicos também criam brechas para o enfrentamento desse poder midiático. Novas mídias surgem no mundo inteiro, tirando audiência (e reduzindo o poder) dos veículos tradicionais.

No caso do Brasil, a mídia controlada por meia-dúzia de famílias também esbanja poder, mas dá sinais de fragilidade. Ela não consegue mais dominar os “corações e mentes” dos brasileiros, e perde audiência.

A luta pela democratização do setor ganhou novo fôlego na fase recente. A realização da 1ª Conferência Nacional de Comunicação foi um marco neste processo. Surgem vários fóruns que encaram esta luta como estratégica, e novas mídias ganham musculatura, com a multiplicação de veículos alternativos – como blogs, rádios e TVs comunitárias.

Esse quadro, com os seus paradoxos, é que coloca a necessidade da criação de uma entidade que, em parceria com muitas outras já existentes, contribua na luta pela democratização dos meios de comunicação e pelo fortalecimento da mídia alternativa. Ela deverá ajudar na construção de uma militância social, permanente e aguerrida, nesta frente estratégica da batalha de idéias.

O jornal Século Diário também comenta:

O encontro entende que a internet pode desempenhar o papel de trincheira de lutas, ocupada sobretudo por movimentos sociais, em que a mídia alternativa estabelece um contraponto à comunicação tradicional. Daí a importância dos veículos alternativos. “Comunicação é um direito fundamental de todos. Quando você vê que a mídia tradicional não informa, você fala: ‘temos que suprir esse papel de informar’”, analisa Fernanda Tardin, da comissão organizadora do ES Blog.

“O Espírito Santo tem uma tradição de comunicação virtual. O encontro também é um espaço para troca de informações entre blogueiros de outros estados”, explica a jornalista. A programação vai trazer figuras como Altamiro Borges, Aparecido Araujo Lima, Tereza Briggs e Marcelo Saldanha.

Vamos lá?



Até a próxima!